A aposentadoria é uma preocupação cada vez mais presente e antecipada na vida dos brasileiros, seja porque a previdência pública sofre constantes alterações, como idade mínima e tempo de contribuição do indivíduo, seja porque o cidadão não acredita mais que esta modalidade seja suficiente para garantir a tranquilidade financeira quando optar por parar de trabalhar.

Neste cenário, se preparar financeiramente para o futuro é um comportamento que deve começar desde cedo. Esta mentalidade começa a partir do planejamento financeiro, que se baseia na definição de ações que serão praticadas em curto, médio e longo prazo, detalhadas neste link.

Além disso, se programar para a aposentadoria exige que a pessoa analise individualmente com quantos anos pretende parar de trabalhar e quais atividades objetiva realizar neste período. Também é importante começar a estimar o padrão de gastos que terá ao se aposentar. Mesmo que alguns diminuam, como o dispendido com os filhos, outras tendem a aumentar, como despesas com saúde.

Feito isso, é possível estipular uma meta de patrimônio que deseja ter obtido até o período da aposentadoria. Com esse objetivo em mente, é necessário calcular os passos que devem ser tomados para atingi-lo. Desta forma, com base na data prevista para a aposentadoria, estime quanto tempo e qual valor deve acumular para dispor do capital estimado no futuro.

Poupe parte da sua renda para o futuro
Comece a investir o quanto antes. O valor direcionado para a aposentadoria deve ser caracterizado com a mesma importância de um custo fixo. A quantidade investida deve ser definida de acordo com o seu orçamento, de forma que seja possível poupar a mesma quantia todo mês. Crie uma rotina para que o valor seja direcionado para o fundo de aposentadoria assim que o seu salário cair na conta.

Viva dentro do seu padrão de vida
Seja disciplinado com a sua renda, optando sempre por gastar o que cabe no orçamento. Isso porque cumprir a economia do valor definido fará toda a diferença, especialmente se a quantia definida for baixa ou o prazo curto.

Opte por um plano de previdência privada
Estabeleça um plano de investimento automático, em que o valor seja encaminhado da sua conta em uma data definida todo mês. Os planos de previdência privada fornecem esta opção e as opções corporativas descontam a porcentagem diretamente do salário, como costuma ser feito com as taxas de FGTS e imposto de renda. Além disso, o investidor se beneficia de taxas decrescentes e de maior liquidez de acordo com o prazo de retirada do investimento.

Não use o dinheiro da aposentadoria para realizar outros sonhos
Resista ao capital disponível tendo em mente que este será o recurso para o período da aposentadoria. Ter este cuidado é importante, porque muitos acabam usando parte do montante para realizar sonhos, como a compra de um carro, imóvel ou uma viagem. No entanto, optar por concretizar um objetivo em curto prazo, pode comprometer a aposentadoria, a longo prazo.

%d blogueiros gostam disto: