Ter orçamento comprometido com dívidas a médio ou longo prazo não é uma situação confortável. Tal condição influencia na negativação do nome junto às instituições de crédito, além de atrapalhar o desempenho financeiro no dia a dia.

Para quem deseja começar 2019 com as contas no azul é necessário aliar planejamento com uma boa gestão dos recursos existentes. Leia algumas dicas para dar um alívio ao orçamento e quitar os seus débitos:

– Faça contas

O primeiro passo para deixar a vida financeira em ordem é colocar no papel todos os itens que compõem o seu orçamento, a fim de saber: quanto deve, quanto recebe por mês e quanto gasta. Um olhar especial deve ser direcionado para as dívidas existentes, buscando listar quais os prazos de pagamento, os juros que envolvem cada transação e as opções com juros menores que permitem um possível adiamento da quitação.

– Tenha um plano

Com base no saldo devedor, no tamanho da sua dívida e na quantia que você pode destinar para a quitação a cada mês, você pode estruturar a forma de pagar a dívida. O planejamento deve esclarecer se é possível pagar as parcelas atuais com a sua renda mensal ou se será necessário optar por uma renegociação. Caso este seja o caso, você pode estudar o uso de linhas de crédito com taxas menores que os juros da dívida atual.

– Faça sacrifícios

Quando se tem despesas que não cabem no orçamento e/ou caso você queira se livrar das suas dívidas mais rápido, será necessário fazer cortes no seu orçamento. Para isso, você pode deixar de lado parte da verba destinada ao lazer e conforto para arcar com o que é, de fato, necessidade no momento. Com base nisso, veja o quanto você consegue economizar por mês. Seja realista com o planejamento, mas não faça um orçamento com mais folga do que o necessário.

– Antecipe parcelas

Opte por adiantar o pagamento de parcelas de financiamentos sem juros. Ainda que o desconto dos juros já esteja previsto nos contratos fechados com os bancos, ainda é possível negociar um desconto no valor total caso o adiantamento seja feito a médio ou longo prazo.