Entre os dias 08 e 12 de abril, a COOPNORE realizou as Assembleias de Núcleos nos estados em que atua: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. O encontro teve como objetivo apresentar aos associados dos Núcleos o relatório de prestação de contas do ano de 2018, definir a destinação das sobras e deliberar sobre outras pautas propostas no Edital de Convocação.

O primeiro tópico abordado abrange a Reforma do Estatuto Social, com foco na alteração da redação do art 4º, que trata das condições de admissão à Cooperativa, por meio da inclusão de pessoa jurídica.

Na ocasião, o relatório de prestação de contas relativas às atividades de 2018 foi apresentado, com destaque para o crescimento de 105,83% no capital social e de 114,56% na evolução da receita total da cooperativa, considerando o período compreendido entre os anos de 2014 a 2018. Também foi discutida a proposta de destinação das sobras para a reserva legal, remuneração do capital social dos cooperados e a definição dos honorários e cédulas de presença da Diretoria Executiva e dos Conselhos de Administração e Fiscal.

Além disso, foi formalizada a utilização da taxa do Certificado de Depósito Interbancário (CDI) como indexador aplicado nas operações ativas e passivas da Coopnore. Os associados também foram informados sobre a eleição de novos membros para compor o Conselho de Administração.