Ter uma aposentadoria segura é o desejo da maioria das pessoas. Porém, nem sempre os valores pagos para previdência, seja ela privada ou pública, são suficientes para aproveitar essa fase da vida com segurança financeira. Sendo assim, começar agora um planejamento pode te garantir mais conforto no futuro e uma dessas formas é com investimento.

Atualmente, o mercado financeiro oferece diversas opções como tesouro direto, poupança e até fundo de investimento. É preciso um planejamento para fazer a aplicação, independentemente da modalidade escolhida.

Sendo assim, separamos algumas dicas que vão te ajudar a pensar nos seus investimentos. Confira:

1 – Estabeleça os seus objetivos

Antes de começar a investir, tenha em mente qual o principal objetivo que você deseja alcançar. O investimento pode ser apenas para renda futura, mas também é importante ter outros objetivos como abrir uma empresa, comprar um imóvel ou até viajar. Se o investimento for somente para aposentadoria, procure opções a longo prazo que atendam a necessidade.

2- Determine o valor da quantia a ser investida

O valor do investimento dependerá da renda que você espera ter no futuro. O primeiro passo é ter um planejamento financeiro para saber quanto pode tirar da sua renda atual para investir. O dinheiro poderá ser investido de uma vez ou mensalmente, desde que caiba no seu orçamento.

3- Conheça os tipos de rendimentos

Fixa ou variável – esses são os dois tipos de renda mais comuns.  A primeira consiste em um título público que vai trazer uma taxa de rendimento, pode ser prefixada ou pós-fixada. Tesouro direito e CDB são exemplos de rendimentos fixos.

Já as variáveis compreendem investimentos da bolsa de valores e que variam de acordo com o mercado. É possível ter de 0% a 100% de rendimento, porém não é possível ter uma previsão. Ações e fundo de investimentos são exemplos de rendimentos variáreis.

4- Conheça seu perfil

Após ter estudado as opções e ter o valor que deseja investir, é preciso saber qual seu perfil de investidor. Isso irá ajudar a escolher qual opção você irá investir e qual o prazo de investimento.

Ter uma renda extra na aposentadoria pode te ajudar a manter as contas em dia e até realizar alguns sonhos. Por isso, o planejamento deve começar agora.